Paróquia marca presença no 5º Mutirão Arquidiocesano de Formação de Lideranças

Membros da Paróquia São José e Santa Rita de Cássia estiveram presentes.

Nos dias 13 e 14 de junho, ocorreu no Centro de Evangelização Angelino Rosa (CEAR), em Governador Celso Ramos, o 5º Mutirão Arquidiocesano de Formação de Lideranças. O encontro teve como objetivo promover a formação dos cristãos leigos sobre a 5ª urgência da ação evangelizadora: Igreja a serviço da vida plena para todos e a Exortação Apostólica Pós-Sinodal do Papa Francisco: Christus Vivit. Além disso, promover a comunhão e celebrar a caminhada evangelizadora da Arquidiocese de Florianópolis.

O primeiro dia começou com a acolhida, oração inicial e apresentações pela manhã. Após a abertura, foi dado início a palestra de Jardel Antunes, que é Mestre em Teologia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), secretário nacional da Pastoral Operária, e coordenador Regional das Pastorais Sociais do Paraná.

Na ocasião, ele abordou sobre realidade urbana, em especial a caridade da Igreja a serviço da vida plena para todos. “Este tema recai sobre o trabalho de muitas pastorais sociais, ações sociais e organismos que atuam diretamente com os excluídos, pobres e marginalizados da nossa sociedade hoje. Essa é uma missão constitucional da nossa Igreja, que está dentro do pilar da caridade”, frisa Jardel.

Já o segundo dia iniciou com o Ofício Divino das Comunidades. Depois disto, o Pároco da Paróquia São João Evangelista de Biguaçu e assessor eclesiástico do Setor Juventude da Arquidiocese, Pe. Ewerton Gerent, assessorou sobre a Christus Vivit.

A partir do documento, o presbítero trabalhou a questão do que o Papa Francisco deseja para a juventude. “Um assunto que permeia toda a exortação, é o anúncio de Jesus Cristo. O Pontífice coloca três grandes anúncios que precisam ser feitos para os jovens: Deus nos ama, Jesus Cristo salva e Ele vive. Tudo isso conduzido pela graça do Espírito Santo. Muitas vezes o documento parece ser um retiro, porque ele trabalha muito a dimensão espiritual”, explica Pe.Ewerton.

Além disso, o presbítero enfatizou o interesse dos participantes do evento: “o grupo era muito participativo e estava querendo esse trabalho de evangelização da juventude. Depois do Mutirão, recebi muitas mensagens no WhatsApp e e-mail de pessoas querendo ajuda na evangelização dos jovens”.

Representantes de diversas paróquias que participaram do 5º Mutirão Arquidiocesano de Formação de Lideranças puderam se sentir reanimados na fé e fidelidade na caminhada. Entre essas pessoas, estava Maristela Bruggemann dos Santos, coordenadora do CPP da Paróquia São José, do Centro Histórico.

“O Mutirão é importante e interessante pois traz a teoria e a prática juntas. Por exemplo, no primeiro o Jardel trouxe várias informações extremamente interessantes tanto da parte da Igreja como para a situação vivida na parte mundana. No a viu a parte prática no Setor Juventude com o Pe. Ewerton com o Setor Juventude. Foi o momentos de juntarmos conhecimentos e prática com as outras paróquias para repensarmos e ampliarmos nossos horizontes em diversos aspectos”, comenta Maristela.

O V Mutirão Arquidiocesano de Formação se encerrou com uma Celebração Eucarística presidida pelo o Arcebispo Metropolitano de Florianópolis, Dom Wilson Tadeu Jönck.

Fonte: Arquidiocese de Florianópolis.

Missa em ação de graças pelos 38 anos de vida sacerdotal de Padre Hélio

A Paróquia São José e Santa Rita de Cássia celebrou no dia 11 de julho, quinta-feira, mais um ano de ordenação sacerdotal do Pároco Pe. Hélio da Cunha. São 38 anos de dedicação ao sacerdócio.

A paróquia, familiares e amigos, felicitaram este servo do Senhor pela sua disponibilidade e abertura de coração, ao anunciar o Evangelho do Cristo ressuscitado incansavelmente, durante todos estes anos.