Domingo de Ramos marca início da Semana Santa

Hoje com as crianças da catequese de IVC, jovens da crisma e seus familiares, foi iniciada a Semana Santa, onde num gesto de humildade de Jesus que se dá ao montar num jumento, símbolo de sua pequenez e de serviço. A multidão acolhe em Jerusalém o rei que não tem armas, mas liberta o povo com a própria vida. E Jesus nos diz: “Convertam-se” e acreditem no Evangelho” (Mc 1,15).

De acordo com o Professor Felipe Aquino, “esse povo, há poucos dias, tinha visto Jesus ressuscitar Lázaro de Betânia e estava maravilhado, pois tinha a certeza de que esse era o Messias anunciado pelos profetas, mas, esse mesmo povo tinha se enganado com tipo de Messias que Cristo era. Pensava que, fosse um Messias político, libertador social, que fosse arrancar Israel das garras de Roma e devolver-lhe o apogeu dos tempos de Salomão.

Para deixar claro a este povo que Ele não era um Messias temporal e político, um libertador efêmero, e sim, o grande Libertador do pecado, a raiz de todos os males, então, o Senhor entra na grande cidade, a Jerusalém dos patriarcas e dos reis sagrados, montado em um jumentinho; expressão da pequenez terrena. Ele não é um Rei deste mundo! Dessa forma, o Domingo de Ramos dá o início à Semana Santa, que mistura os gritos de hosanas com os clamores da Paixão de Cristo. O povo acolheu Jesus abanando seus ramos de oliveiras e palmeiras.”

Fonte: Paróquia São José e Santa Rita de Cássia com Canção Nova.